Kottow – sobre a Bioética

[Por bioética entende-se] o conjunto de conceitos, argumentos e normas que valorizam e legitimam eticamente os atos humanos [cujos] efeitos afetam profunda e irreversivelmente, de maneira real ou potencial, os sistemas vivos.

Kottow M., “Introdución a la Bioética” Continuar lendo

Anúncios

Beauchamp – sobre os princípios da Bioética

Antes dos anos 1970, não havia um solo firme no qual um compromisso a princípios ou mesmo uma teoria ética pudesse se enraizar na ética biomédica. […]
Princípios que pudessem ser compreendidos com relativa facilidade pelos membros das várias disciplinas figuradas proeminentemente no desenvolvimento da ética biomédica durante os anos 1970 e início dos 1980. Princípios foram usados para apresentar molduras de pressupostos avaliativos de maneira que eles poderiam ser usados, e imediatamente compreendidos, por pessoas com muitas formas diferentes de treinamento profissional. A moralidade assim destilada, encontrada nos princípios, deu às pessoas um grupo de normas gerais compartilhadas e de serventia para análise de muitos tipos de problemas morais. Em alguns respeitos, poderia ser até defendido que os princípios deram ao campo embriônico da bioética um método particular para atacar seus problemas, e isto deu certa coerência mínima e uniformidade à bioética.

BEAUCHAMP, “Standing on Principles”
Continuar lendo